6 de outubro de 2019
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 06/out/2019

Baleia Rossi assume presidência do MDB a fim de renovar o partido

Líder do MDB e autor da proposta de reforma tributária da Câmara, o deputado Baleia Rossi (SP) assumiu a presidência nacional do MDB neste domingo (6). Aos 47 anos, Rossi é o presidente mais jovem da história do partido. É uma conquista que se concretiza através de uma candidatura única, apoiada por nomes tradicionais e também pela juventude do partido, mas que traz um grande desafio para o deputado: recuperar a relevância do MDB com um discurso que alie a história da sigla com o desejo de renovação política que emana da sociedade. Participaram do evento o presidente da Alepi, Themístocles Filho, o deputado federal Marcos Aurélio, o senador Marcelo Castro e o ex-presidente da República José Sarney. O senador piauiense Marcelo Castro foi eleito para o cargo de tesoureiro da legenda. As informações são do UOL.Baleia Rossi admitiu que  assume o MDB neste domingo, na convenção nacional do partido em Brasília, com a missão de aproximar a sigla da população. “O primeiro objetivo, que era recuperar a unidade do partido, nós já conseguimos. Agora, nosso grande desafio é reconectar o partido com os anseios da sociedade”, afirmou o novo presidente do MDB, que promete ouvir a militância nas decisões estratégicas do partido daqui para a frente. “O MDB é o partido que mais filiados tem no Brasil. Então, queremos deixar de ter uma executiva nacional que imponha as bandeiras, para discutir as novas bandeiras com a militância. Temos histórias de luta em favor do Brasil, pela justiça social e pela democracia. Bandeiras caras à sociedade. Mas a sociedade mudou e nós precisamos acrescentar novas bandeiras ao MDB”, afirmou Rossi.

Questionado sobre quais bandeiras serão essas, o deputado disse que a resposta virá das consultas que fará à militância nos próximos meses. “Vamos adotar a ‘votocracia’ na nossa gestão, que é respeitar a vontade popular através do voto”, disse, explicando que decisões como essa não serão mais votadas pela cúpula do MDB, mas por um fórum que vai contemplar todos os movimentos sociais do partido. “Ninguém faz nada sozinho. Se tivermos uma gestão democrática, temos mais chances”, argumentou Rossi, lembrando que sua própria candidatura é resultado desse esforço coletivo, que conseguiu unir diversas alas do partido e representa “a vontade de todos de renovação política”.

Ele admitiu, por sua vez, que o combate à corrupção, que tem feito outros partidos ganharem força no Brasil, está no radar do MDB. Talvez seja por isso que, ao invés de nomes tradicionais como Michel Temer e Romero Jucá, que já apareceram em denúncias de corrupção, seja uma figura “nova” como Baleia Rossi que vai assumir a presidência do MDB. “É uma bandeira que precisa ser seguida pelo MDB, porque é algo que precisa ser discutido, é um anseio da população. Mas claro que dentro do processo legal, com ampla defesa e presunção de inocência”, afirmou Baleia Rossi, que promete “enfrentar essa questão da luta pela ética que é cara a toda a sociedade” sem ser um tribunal que desrespeita as decisões da justiça.

Sobre o legado histórico que vai tentar preservar mesmo com a entrada dessas novas bandeiras, Rossi disse que o grande objetivo do MDB é a “defesa da democracia, que traz resultados como a justiça social, a geração de empregos e oportunidade”. “Não dá para aceitar um país com 20 milhões de desempregados e mais sete milhões de pessoas que nem estudam nem trabalham. Temos que reverter esse quadro”, afirmou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!