4 de janeiro de 2021
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 04/jan/2021

Decreto restitui hospital de Paes Landim ao governo do estado

Gutim: ex-prefeito dirigiu o hospital, repasses mensais de R$ 150 mil
Gutim: ex-prefeito dirigiu o hospital, repasses mensais de R$ 150 mil

No dia 28 de dezembro de 2020, o governo do estado, através da Secretaria de Saúde, publicou no Diário Oficial a Portaria Sesapi/Gab nº 747, de 25 de dezembro do mesmo ano, em que resolve readmitir para a estrutura organizacional do estado, nos âmbitos administrativo, técnico e financeiro, a gestão da Unidade Mista de Saúde Félix Barroso, localizada no município de Paes Landim.

O hospital, pertencente ao estado, havia sido municipalizado durante a gestão do ex-prefeito Gutemberg, que é primo do governador Wellington Dias (PT). Como Gutim perdeu a eleição em 15 de novembro, o governador determinou ao secretário de Saúde, Florentino Neto, que adotasse a providência mencionada.

O advogado Carlos Alberto, que representa o novo prefeito Thalles Marques, disse que o objetivo do governo foi colocar os parentes do governador para continuarem em postos de comando na área de saúde. A mulher do ex-prefeito, Keylane Amorim Leite, foi nomeada diretora na mesma data. “Tinha meses, quando o ex-prefeito era diretor, que o hospital recebia cerca de R$ 150 mil. Nunca fizeram um exame de fezes, nada, todo esse dinheiro simplesmente ninguém sabe que destino teve”, acentuou o advogado.

Confira documentação abaixo:

No documento, o secretário estadual de Saúde estabelece que a implantação do serviço materno infantil na unidade, referido em processo administrativo nº 017.508/20, ocorrerá após avaliação técnica por parte de equipe da Sesapi. O diagnóstico técnico administrativo, contábil e financeiro da atual situação do hospital (Unidade Mista de Saúde) ficará a cargo dos seguintes: Elizabeth Soares Oliveira de Holanda Monteiro, auditora; Avelyno Medeiros da Silva Filho; Alderico Gomes Tavares; Lucrecina Pereira da Silva, representante do gabinete do secretário; e Karen Fontenele de Araújo Silva, assessora de Gabinete.

No dia 1º, ao tomar posse, o novo prefeito encontrou todos os prédios públicos fechados. Não havia ninguém da administração anterior para prestar informações e esclarecimentos e nem mesmo para entregar chaves dos prédios da municipalidade. A prefeitura estava fechada e também a Secretaria Municipal de Saúde, onde funciona a estrutura do SAMU (Serviço Médico de Urgência).

Por volta de 10h deste sábado (02/01), a Secretaria Municipal de Saúde continuava fechada e nada estava funcionando também no hospital do município. “A informação que temos é que o ex-secretário estava viajando com a chave da Secretaria.”

Por volta de meio-dia, Carlos Alberto informou que o ex-secretário Daniel Teles chegou à Secretaria para fazer a entrega, haja vista que estava viajando com a chave da Secretaria.

(Toni Rodrigues)

0 Comentários

Deixe o seu comentário!