2 de agosto de 2018
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 02/ago/2018

Operação Topique | PF apura prejuízos de R$ 119 milhões aos cofres públicos

A Polícia Federal divulgou há pouco nota informando mais detalhes da Operação Topique, deflagrada nesta quinta-feira (02/08), para desarticular uma organização criminosa responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos destinados à prestação de serviços de transporte escolar ao Governo do Estado do Piauí e Prefeituras  Municipais  nos  Estados  do  Piauí  e  Maranhão.

Foto: 180graus

São 14 mandados de prisão preventiva, 9 mandados de prisão temporária e 40 mandados de busca e apreensão a serem cumpridos nas cidades de Teresina, São João da Serra e Olho D’Água, no Piauí, e ainda em Coelho Neto, no Maranhão.

Os trabalhos contam com a participação de 170 policiais federais e 9 auditores da CGU. Parte do grupo está na sede da Seduc, em Teresina, recolhendo documentos. Algumas salas e corredores estão fechados, e mesmo os funcionários estão impedidos de terem acesso.

Foto: 180graus

“A  investigação  revelou  a  existência  de  um  grupo  de  empresas  que  vêm atuando   conjuntamente   na   realização   de   fraudes   em   licitações,   com   a participação  de  agentes  públicos,  resultando  na  contratação  do  objeto  da licitação com valores superiores ao valor real do serviço, causando um prejuízo
aos  cofres  públicos  na  média  de  40%  dos  valores  pagos  às  empresas contratadas”, diz a nota encaminhada pelo Núcleo de Comunicação Social da Superintendência da PF no Piauí.

Foto: 180graus

Diz ainda a Polícia Federal que as licitações fraudadas eram custeadas com custeados pelos recursos do Programa de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e do Fundo de Manutenção  e  Desenvolvimento  da  Educação  Básica  e  de  Valorização  dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

As empresas investigadas receberam pelo menos R$ 297 milhões, pagos por 40 prefeituras e o governo do Estado, entre os anos de 2013 e 2017. O prejuízo aos cofres públicos é estimado em R$ 119 milhões.

O nome da operação, Topique, é   alusivo  ao  termo  popularmente  utilizado para se referir aos veículos utilizados no transporte escolar.

Uma coletiva de imprensa com detalhes da operação será concedida na sede da PF, às 11h.

180 Graus

0 Comentários

Deixe o seu comentário!