29 de junho de 2020
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 29/jun/2020

Polícia prende suspeito de praticar golpes bancários no Piauí

Nesta segunda-feira, 29 de junho, agentes da Polícia Civil do Piauí, por meio da Gerência de Polícia do Interior (GPE) e Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), realizou a prisão em flagrante de um homem suspeito de praticar crime de estelionato, conhecido como golpe do motoboy.

De acordo com a investigação realizada, nesse golpe, a pessoa recebe uma ligação de alguém que se apresenta como funcionário do banco, alegando que o cartão de crédito foi clonado e precisa ser substituído. Em seguida é solicitada a digitação da senha no celular e depois que seja quebrado ao meio o cartão supostamente clonado. Posteriormente, o golpista informa que um motoboy buscará o cartão inutilizado. Com o chip e os dados do cartão em mãos, os criminosos fazem compras em nome da vítima.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilO suspeito foi preso na cidade de Altos e encaminhado para a Central de Flagrantes.O suspeito foi preso na cidade de Altos e encaminhado para a Central de Flagrantes.

O suspeito foi preso no município de Altos, com várias máquinas de cartão e levado a Central de Flagrantes de Teresina. O Gerente de Polícia Especializada, Delegado Mateus Zanatta acredita que muitas pessoas já caíram no golpe.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilO suspeito foi preso em flagrante com várias máquinas de cartão, utilizadas nos golpes.O suspeito foi preso em flagrante com várias máquinas de cartão, utilizadas nos golpes.

“Diante dessa prisão, esperamos que as vítimas possam procurar a Polícia Civil para realizar denúncia do caso e identificarmos todos os crimes praticados por ele”, afirmou o delegado Matheus Zanatta.

“Bancos e demais instituições financeiras não entram em contato por meio de SMS ou e-mail. E quando fazem contato telefônico, não solicitam entrega de cartões ou quaisquer documentos. A população deve ficar alerta”, alertou o delegado Anchieta Nery, titular da DRCI.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!