5 de janeiro de 2021
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 05/jan/2021

Prefeita eleita no Piauí viaja e deixa a cidade abandonada

Recebemos a denúncia de que a prefeita eleita no município de Lagoinha do Piauí, Kelly Alencar, viajou e deixou a cidade abandonada.

Kelly chegou a participar da solenidade de posse no dia 1º de janeiro de 2020. Logo depois, viajou e a equipe de secretariado que fará parte da gestão, até o momento, só foram anunciados secretário de governo, secretário de administração, secretário de finanças e de saúde.

Com vários escândalos envolvendo o nome da prefeita eleita, este é mais um descaso por parte da atual gestora que, em meio a pandemia da Covid-19, com o aumento no número de casos confirmados, deixou o município sem médico. A população segue à míngua aguardando o retorno da prefeita que, de acordo com informações, fez uma viagem e a previsão de retorno é para o dia 10 de janeiro.

Outro questionamento por parte da população é sobre a parte social do município que está parada, deixando aqueles que precisam de apoio social desassistidos.

Enquanto em muitos municípios prefeitos já estão no segundo dia de trabalho em prol da população, Kelly Alencar foge das responsabilidades do executivo municipal e deixa o povo de Lagoinha à própria sorte.

Kelly é acusada de compra de votos durante a campanha eleitoral, em operação que investiga desvio de dinheiro público ela e o esposo Walter Alencar foram presos na operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no endereço do casal, os policiais encontraram mercadorias que seriam utilizadas para aliciar eleitores.

O caso chegou a ganhar repercussão nacional pela lista apreendida pela GAECO que seria supostamente utilizada para a compra de votos contendo nome de possíveis eleitores e objetos como panela de pressão, conjunto de xícaras, além de material de construção.

As investigações seguem e uma audiência sobre o caso está marcada para o dia 7 de janeiro.

A população espera uma resposta do porque a prefeita eleita viajou deixando a cidade sem um representante legal.

Outro lado

A reportagem não conseguiu contato com a prefeita Kelly Alencar. Estamos abertos para esclarecimentos.

R10

Edição: Portal do Delta

0 Comentários

Deixe o seu comentário!