16 de maio de 2018
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 16/Maio/2018

Preso suspeito de matar ex-namorada Aretha Dantas na zona Sul de Teresina

Preso suspeito de matar ex-namorada Aretha Dantas na zona Sul de Teresina

Suspeito se entregou à Polícia.

O suspeito Paulo Alves dos Santos Neto se entregou no início da noite desta quarta-feira (16) à Polícia Civil. Segundo a Polícia, Paulo é o acusado de matar a facadas e depois atropelar a ex-namorada, Aretha Dantas Claro, de 32 anos, encontrada morta na manhã desta terça-feira (15) na avenida Maranhão, zona Sul de Teresina. O suspeito estava sendo procurado desde ontem pela Polícia, atualmente ele estava trabalhando como motorista de aplicativo. Ele se entregou na sede da Delegacia de Homicídios, sediada na zona Sul da capital.

Na tarde de hoje (16), a Polícia fez buscas na casa onde o suspeito morava. No local, foi encontrado o veículo dele, com marcas de sangue. Além disso, segundo a delegada que investiga o caso, havia marcas de sangue por todo o imóvel, o que indica que ele é o autor do assassinato contra ex-mulher.

Polícia confirma que ex-namorado matou cabeleleiro

Equipes da Polícia Civil e Polícia Militar realizaram na tarde desta quarta-feira (16) uma busca na casa de Paulo Alves dos Santos Neto, que para Polícia é o principal suspeito de matar a cabelereira Aretha Dantas Claro, sua ex-esposa. A vítima foi encontrada morta no início da manhã dessa terça-feira (15) na avenida Maranhão, zona Sul de Teresina, tendo no corpo marcas de atropelamento e facadas.

Já na tarde de hoje (15), a delegada Luana Alves responsável pela investigação confirmou que Paulo é apontado como principal suspeito do crime. Por conta disso, a Polícia realizou buscas na casa onde ele morava no bairro Renascença.

No local, a Polícia encontrou na casa o carro do suspeito, um veículo modelo Palio, com marcas que podem ser de sangue. O veículo será apreendido e periciado pelo Instituto de Criminalísticas. O caso é investigado pelo Núcleo de Feminicídio da Delegacia de Homicídios, que é coordenado pela delegada Luana Alves.

Antes de entrar na residência, a Polícia acionou uma equipe do Centro de Zoonose para conter um animal da raça Pitbull que seria do suspeito. Após ser contido o animal, a Polícia entrou no imóvel, mas não encontrou o suspeito.

A vítima, Aretha Dantas foi enterrada na manhã desta terça-feira sobre forte comoção dos familiares. Para polícia, eles acreditam que o crime teve motivação passional, apontando que o principal suspeito já teria feito ameaças para vítima.

O caso continua sendo investigado e a Polícia continua buscas para tentar prender o suspeito.

Matéria relacionada:

Polícia identifica corpo de mulher assassinada na Avenida Maranhão

0 Comentários

Deixe o seu comentário!