16 de fevereiro de 2019
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 16/fev/2019

Sem segurança: Pedra do Sal sofre com posto de policiamento abandonado

Além de obra eleitoreira parada, Pedra do Sal também sofre com posto de policiamento abandonado.
Posto de Policiamento Ostensivo – PPO foi abandonado logo após sua inauguração
Deve ser mesmo um trabalho de macumba feito pelo afamado maranhense Bita do Barão. Não há outra explicação convincente para a energia negativa que atrapalha, de todas as formas, o desenvolvimento turístico da Pedra do Sal.
A obra de urbanização do local, tão falada por dois candidatos (pai e filho) nas eleições de 2018, está parada, totalmente à mercê da chuva e dos fortes ventos do Atlântico. E sem nenhuma previsão de retorno dos serviços, se é que um dia isso ainda vai acontecer, afinal, já foram eleitos e a obra parece não ter mais tanta utilidade para os dois. Não se ouve mais nenhum deles falar nada sobre o assunto.
Curioso! Mas quem pensar que o único problema da Pedra do Sal é a obra parada, não sabe que lá tem um posto de policiamento totalmente abandonado, depredado. Por esse motivo, a comunidade convive com o medo diariamente, pois não pode contar com reforço policial para inibir a prática de ações criminosas na região. A imprensa já noticiou até o furto de fiação subterrânea na praia, além da invasão de barracas e outros delitos.
Estrada de acesso a Praia da Pedra do Sal inacabada e sem sinalização vertical e horizontal.
Os donos de barracas, a população nativa e os turistas vão recorrer a quem se houver uma tentativa de crime por lá? Até a polícia se deslocar dá área central de Parnaíba, numa distancia de mais ou menos 15 km, alguém já pode ter perdido a vida.
O posto de policiamento da Pedra do Sal foi inaugurado em 12 de agosto de 2016. Hoje, para o desalento dos moradores da praia, se encontra em situação deplorável. As fotos falam mais que as palavras.
O que era para ser a certeza de segurança e paz na Pedra do Sal, virou, ironicamente, o retrato descarado do desrespeito do poder público com a população da praia parnaibana.Por Ribamar Aragão
Não oferecem infraestrutura adequada, segurança e ainda foi excluída da propaganda turística oficial por vacilo ou de propósito mesmo.
Para a Pedra do Sal, eles só oferecem o bla-blá-blá sempre.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!